Restos de colecção

 

Público: 11/05/2013 – 00:00

Devo ao meu amigo Maradona, cujos tuítes todas as pedras do universo abençoam, o descobrimento da Blogoteca Nacional que é o blogue Restos de Colecção. É uma lembrança do século XX que toca a todos os que nasceram naquele século de que ainda não começámos sequer a safar-nos.

Juntando fotografias e memórias, com a perfeição académica do bibliotecário e a paixão do documentalista amador, que tem medo que as instituições percam o rastro dos anos passados, Restos de Colecção, com o título modesto e irónico que tem, é um serviço público, prestado por particulares, de graça. Com o trabalho e as horas oferecidas. Por alguma razão Maradona (o português) desabafou “alguém dê um subsídio” aos responsáveis. Como quem diz: não foi preciso subsídio nenhum para deixar esta obra imensa de arquivo, aberta instantaneamente a quem tenha acesso à Internet. Não vou falar dos temas, admiravelmente indiciados no lado esquerdo (“Arquivo do blog”), que mais me atraíram. Há para todos os gostos e para todas as idades e localidades. Vá lá ver e perceba a generosidade livre da Internet: é um livro grande, bem ilustrado e comprido pelo qual pagaríamos, com boa vontade, 50 euros.

Só que não custa nada e cresce de dia para dia. São retratos dos passados que nos antecederam, mais aqueles que tivemos, mas de que não nos demos conta.

O passado é a liberdade que nos escapou e que podemos reaver, sem abrir mão do presente ou do mais do que maldito futuro.

Sim.

One thought on “Restos de colecção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s